Meu pet não quer comer, o que pode ser?

Tem poucas coisas que deixam nossos pets mais alegres do que a hora de comer! Por isso, é de se estranhar quando vemos os peludos recusando o almoço/jantar.

Aliás, a falta de apetite é considerada um sintoma comum em praticamente qualquer condição de saúde nos animais; assim como nós, cães e gatos também ficam sem vontade de comer quando estão com dor, passando mal, etc.

 

Por isso, se o seu amigo estiver recusando comida com certa frequência ou há mais de um dia, você deve tomar isso como um alerta e procurar imediatamente um veterinário. É correto se preocupar, mesmo que seu pet seja mais enjoadinho na hora de comer!

 

Pet sem apetite: entenda as causas

 

A falta de apetite nos animais é importante e pode ser um alerta para os tutores, mas nem sempre se trata de um problema de saúde. Algumas das causas podem ser:

 

  • Algumas raças podem ser mais seletivas na hora de comer. Para os cães costumam ser as de pequeno porte, como Maltês, Chihuahua, Yorkshire, Poodle, etc., enquanto os de porte grande tendem a ser mais comilões.

 

  • Dias quentes. No calor, cães e gatos podem ficar mais lentos e sem apetite – assim como nós! Nesses dias é importante ficar de olho para que eles se hidratem bastante! Deixe sempre disponível um pouco de água fresca (para os gatos, pode ser um bebedouro tipo fonte!).

 

  • Apetite seletivo. É, às vezes o seu peludo só tem um gosto mais requintado mesmo! No caso dos gatos, que têm um olfato muito apurado, não adianta a comida ser só saborosa, ela precisa ter um cheirinho agradável! 

 

Quer uma dica? Checa as receitas da Pet Delícia, que agradam todos os sentidos e ainda fazem bem para o seu amigo!

 

  • Medicamentos. Várias drogas podem ter efeitos anorexígenos, ou seja, afetar o apetite do seu amigo. Se você suspeitar desse efeito colateral, contate o veterinário que receitou o remédio!

 

  • Troca repentina de ração. Não é recomendado mudar a ração do seu pet de uma hora para outra. Além de causar problemas como diarreias e enjoos, os peludos podem não receber bem a mudança (principalmente os gatos!). 

 

Quer dar uma olhada em como fazer essa transição gradualmente, do jeito certo? Dá uma olhada nessa postagem nossa!

 

  • Bola de pelos. Quando os gatos “tomam banho” (se lambem), acabam ingerindo pelos que, normalmente, são eliminados nas fezes. Mas às vezes isso não acontece, e daí surge esse bolinho peludo, que pode causar falta de apetite até ser expelido. Para evitar o problema, escove seu bichano regularmente! 

 

Você sabia que alguns gatos costumam comer um pouco de grama para combater o mal estar causado pelas bolas de pêlo e outros problemas? Não? Dá uma olhada nesse post aqui!

 

  • Idade avançada. Menos olfato, perda de dentes, fraqueza… São todos sintomas normais da velhice, que podem deixar seu pet com menos apetite. É normal! Afinal, todos nós também passaremos por isso um dia. 

 

Para ajudar nesse processo, lembre-se de trocar a comida do seu peludo para uma adequada à fase de vida dele!

 

Às vezes, a perda de apetite nos pets vem de problemas psicológicos, não físicos. Dá uma olhada em alguns exemplos:

 

  • Ansiedade da separação. Principalmente no caso dos cães, passar muito tempo sem os donos pode causar ansiedade ou depressão, fazendo com que se recusem a comer! Se esse for o caso do seu amigo, uma dica é investir em brinquedos interativos, para que eles possam se distrair na sua ausência!

 

  • Estresse. Nem sempre nossos pets recebem bem as mudanças, e o estresse pode resultar na falta de apetite. No caso dos gatos, até as mais pequenas novidades podem causar esse mal estar, como uma alteração na posição dos móveis.

 

  Então se o seu peludo começar a comer menos durante uma mudança, na chegada de um novo pet, após a morte de alguém… você já sabe: eventos desestabilizadores podem afetar o apetite!

 

Quando se preocupar

 

Deixar de comer é sinal de alerta principalmente quando seu pet está muito fora do seu padrão normal na hora de comer. Como sempre reforçamos aqui, é importante sempre estar atento para observar comportamentos estranhos! Se ele estiver recusando seu petisco ou ração favoritos, por exemplo, é um sinal de que há algo de errado.

 

Outro alerta pode ser o surgimento de outros sintomas. Se além de sem apetite o seu companheiro está com náuseas, febre, dor, etc., busque um veterinário imediatamente. 

 

É importante saber que quando um pet não come, ele também costuma evitar ingerir líquidos, fazendo com que entre em um quadro de desidratação rapidamente, então preste atenção no comportamento dele!

 

O que fazer para evitar a falta de apetite

 

A primeira dica para manter o apetite do seu melhor amigo é certificar que a saúde dele esteja em dia! Um pet saudável tem menos chances de perder a fome, afinal, como dissemos antes, muitas vezes essa recusa do alimento pode ser sintoma de alguma doença.

 

Também é importante se certificar de que o seu peludo gosta das comidas que você oferece. Às vezes é simples assim, ele só não gosta da ração que está no pote! Se esse for o seu caso, a Pet Delícia tem várias opções para você apresentar ao seu amigo! Dê uma olhada no nosso cardápio para cães e gatos.

 

Outra coisa importante é garantir que seu cão ou gato se alimente de maneira equilibrada. Quando comem com muita frequência, os animais naturalmente irão perder a fome. Então sem exagero no petisco, ein?

 

Para remediar isso, você pode distribuir comida ao seu pet em menos refeições ao longo do dia, com horário, e cortando as guloseimas fora de horário. Na dúvida, e especialmente se seu amigo não estiver muito saudável, sempre peça aconselhamento ao seu veterinário, ok?

 

Por último, reforçamos que se o seu peludo não comer por mais de 24h e/ou se a falta de apetite durar muito tempo, você deve levá-lo imediatamente a um veterinário! É muito importante ficar atento para que ele não passe mais de um dia sem comer.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *